“Por favor! Eu preciso mesmo deste Emprego..!”


            “Passamos por tempos complicados…” ou “As coisas não estão fáceis…” ou ainda “Olha que os pais não duram para sempre…” são algumas das simples e complexas frases que deixam muito a desejar dos tempos actuais. Sim, é verdade, neste momento tudo precisa do triplo do suor, se é que me percebem.

            Os meus pais pensam que ando de olhos vendados para o mundo e que não passo de um ser sonhador a construir castelos nas nuvens. Tenho tantos objectivos: arranjar trabalho, acabar os meus livros, acabar os estudos, constituir família… sonhos que quase qualquer ser humano tem. E não vos passa quantas vezes eu me deito e me meto a pensar em tudo isto. Parece que a minha vida deu uma cambalhota e que não me consegui levantar. Mas no meio disto tudo eu sei que vou conseguir atingir o que quero.

           Até hoje, as tentativas de eu ser bem sucedido não passaram de tentativas falhadas: entrevistas de trabalho mal sucedidas, exames que não correram da melhor forma, textos adiados, entre outros contratempos. Estou farto de ouvir o meu pai a dizer “Paulo Alexandre! Precisas de arranjar trabalho” ou “Paulo Alexandre! Não fazes nada da vida!”… e eu penso: serei a única pessoa a querer um emprego no meio desta crise? Serei a única pessoa a não conseguir arranjar um trabalho? Eu? Uma pessoa que já entregou dezenas de currículos que, na maioria dos casos, nem chegaram a ser vistos, foram rasgados e… lixo…

            Eu sei que os meus pais sofrem com tudo o que me acontece, com tudo o que acontece ao meu irmão mas, também sei que eu tenho a culpa. Tive preguiça e pouca vontade de chegar longe na vida. Mas sinto que ainda vou a tempo, isto porque, sei que alguém me vai ouvir e dar-me aquela oportunidade.

            “Por favor! Eu preciso mesmo deste emprego!” seja ele qual for. Neste momento preciso de uma luz na minha vida que me diga que fui capaz de aguentar tudo e todos. O mundo pode ser pequeno mas também é grande e, sendo assim, tenho muito para descobrir.

Artigo ” Por favor! Eu preciso mesmo deste emprego!”

por Paulo Alexandre Henriques, Setembro/2012

Anúncios

~ por Paulo Alexandre Henriques em Setembro 6, 2012.

7 Respostas to ““Por favor! Eu preciso mesmo deste Emprego..!””

  1. Li com atenção este seu texto quase que desesperado, como quem procura agulha em palheiro, mas ao estar a comenta-lo não vou estar a conseguir resolver e sua situação, é mais por estar solidario com este seu problema e de muitos dos milhares e milhões que existem neste nosso belo País e neste nosso belo Mundo.
    Tenho já 58 anos e estou desempregado, mas também eu me sinto frustrado, pois apesar da minha idade ainda tenho muito pra dar a este País, a este Mundo. Mas, também eu tenho mandado candidaturas e mais candidaturas , “com muitas experiencias” e nada, mas, também sei que com a minha idade fica bastante complicado de conseguir qualquer trabalho, talvez se fosse de algum partidito eu conseguisse.
    Este seu texto deixa-me sim muito triste porque ver um jovem ” e milhões de outros jovens” cheio de sonhos não consegue vislumbrar uma luz ao fundo do seu túnel, mas com a força que demonstra no mesmo acredito que num futuro próximo essa sua energia dará frutos, porque ” Podem-se enganar alguns durante algum tempo, mas não se podem enganar todos, todo o tempo (Abraham Lincoln)”.
    Não perca a esperança, pois este nosso Mundo muito precisa de cidadãos cheios dela. LF

  2. Claro, por que no capitalismo aquel que é parvo é por que non quere traballar. Hai que ouvir cada parvicie…! Ti, que sofres as consecuencias desta merda de sistema, vai falarlles así á India e dilles que non fixeron o suficiente para saír da pobreza. Sabes o que che pasa? síndrome de Estocolmo. E falla de conciencia de clase, que por se non o sabías existe algo que se chama “guerra de clases”.

  3. Pobre, quixen dicir na primeira frase.

  4. Show!!!♥

  5. Sshow!!!

  6. NAO E PRECISO EU DIZER QUE GOSTO DAS TUAS POESIAS PORQUE SABES QUE E VERDADE AMIGO CONTINUA PORQUE TENS UM FA NR 1 TEU AMIGO PAU
    LO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: